A segunda resposta de Deus / God's second response
Habakkuk 2:2-20
Está pronto para ouvir a palavra final de Deus sobre a impiedade? Are you ready to listen to God's final word concerning impiety?
#LivroDeHabacuque
#SegundaRespostaDeDeus
#Habakkuk
Published June 30th, 2017
Share / Groups / About Author
Main point summary
Discourse
Notes
notes
Main point summary
A resposta do SENHOR ao justo aflito que aguarda firmemente o que Ele dirá demonstra Sua soberania e juízo sobre todos. The LORD's answer to the afflicted just who firmly waits what He is going to say demonstrates His sovereignty and judgment over all.
Discourse
editing
OT
Habakkuk 2:2-20
as21
wlc
esv
Então o SENHOR me respondeu e disse:
וַיַּעֲנֵנִי יְהוָה וַיֹּאמֶר
And the Lord answered me:
Escreve a visão em tábuas, de forma bem legível, para que até quem passe correndo possa lê-la.
כְּתוֹב חָזוֹן וּבָאֵר עַל־הַלֻּחוֹת לְמַעַן יָרוּץ קוֹרֵא בוֹ׃
k “Write the vision; make it plain on tablets, so he may run who reads it.
Pois a visão é ainda para o tempo determinado e se apressa para o fim. Ainda que demore, espera-a; porque certamente virá, não tardará.
כִּי עוֹד חָזוֹן לַמּוֹעֵד וְיָפֵחַ לַקֵּץ וְלֹא יְכַזֵּב אִם־יִתְמַהְמָהּ חַכֵּה־לוֹ כִּי־בֹא יָבֹא לֹא יְאַחֵר׃
For still l the vision awaits its appointed time; it hastens to the end—it will not lie. If it seems slow, m wait for it; n it will surely come; it will not delay.
ground
Vede o arrogante! A sua alma não é correta;
הִנֵּה עֻפְּלָה לֹא־יָשְׁרָה נַפְשׁוֹ בּוֹ
“Behold, his soul is puffed up; it is not upright within him,
mas o justo viverá por sua fé.*
וְצַדִּיק בֶּאֱמוּנָתוֹ יִחְיֶה׃
but o the righteous shall live by his faith. 1
concessive
Além disso, o vinho* é traiçoeiro; o homem arrogante não permanece. Seu desejo impetuoso é como o Sheol;* como a morte, nunca se farta, mas para si ajunta todas as nações e reúne todos os povos.
וְאַף כִּי־הַיַּיִן בּוֹגֵד גֶּבֶר יָהִיר וְלֹא יִנְוֶה אֲשֶׁר הִרְחִיב כִּשְׁאוֹל נַפְשׁוֹ וְהוּא כַמָּוֶת וְלֹא יִשְׂבָּע וַיֶּאֱסֹף אֵלָיו כָּל־הַגּוֹיִם וַיִּקְבֹּץ אֵלָיו כָּל־הָעַמִּים׃
“Moreover, wine 1 is p a traitor, an arrogant man who is never at rest. 2 His greed is as wide as Sheol; like death q he has never enough. r He gathers for himself all nations and collects as his own all peoples.”
Não farão todos os povos um provérbio e uma frase de zombaria contra ele?
הֲלוֹא־אֵלֶּה כֻלָּם עָלָיו מָשָׁל יִשָּׂאוּ וּמְלִיצָה חִידוֹת לוֹ
Shall not all these s take up their taunt against him, with scoffing and riddles for him,
situationresponse
E dirão: Ai daquele que acumula o que não é seu! Ai daquele que se enche de bens saqueados! Até quando será assim?
וְיֹאמַר הוֹי הַמַּרְבֶּה לֹּא־לוֹ עַד־מָתַי וּמַכְבִּיד עָלָיו עַבְטִיט׃
and say, t “Woe to him u who heaps up what is not his own— for v how long?— and w loads himself with pledges!”
Não se levantarão de repente os teus credores? Não despertarão os que te farão estremecer?
הֲלוֹא פֶתַע יָקוּמוּ נֹשְׁכֶיךָ וְיִקְצוּ מְזַעְזְעֶיךָ
x Will not your debtors suddenly arise, and those awake who will make you tremble?
Então servirás de despojo para eles.
וְהָיִיתָ לִמְשִׁסּוֹת לָמוֹ׃
Then you will be spoil for them.
Visto que despojaste muitas nações, os outros povos te despojarão, por causa do sangue derramado e da violência contra a terra, contra a cidade e contra todos os que nela habitam.
כִּי אַתָּה שַׁלּוֹתָ גּוֹיִם רַבִּים יְשָׁלּוּךָ כָּל־יֶתֶר עַמִּים מִדְּמֵי אָדָם וַחֲמַס־אֶרֶץ קִרְיָה וְכָל־יֹשְׁבֵי בָהּ׃פ
y Because you have plundered many nations, all the remnant of the peoples shall plunder you, z for the blood of man and y violence to the earth, to cities and all who dwell in them.
actionresult
Ai daquele que adquire para sua casa lucros criminosos, para pôr o seu ninho no alto, a fim de se livrar das garras da calamidade!
הוֹי בֹּצֵעַ בֶּצַע רָע לְבֵיתוֹ לָשׂוּם בַּמָּרוֹם קִנּוֹ לְהִנָּצֵל מִכַּף־רָע׃
t “Woe to him who gets evil gain for his house, a to b set his nest on high, to be safe from the reach of harm!
Planejaste vergonha para a tua casa; pecaste contra ti mesmo, destruindo muitos povos.
יָעַצְתָּ בֹּשֶׁת לְבֵיתֶךָ קְצוֹת־עַמִּים רַבִּים וְחוֹטֵא נַפְשֶׁךָ׃
You have devised shame for your house c by cutting off many peoples; you have forfeited your life.
Pois a pedra clamará da parede, e a trave lhe responderá do madeiramento.
כִּי־אֶבֶן מִקִּיר תִּזְעָק וְכָפִיס מֵעֵץ יַעֲנֶנָּה׃פ
For d the stone will cry out from the wall, and the beam from the woodwork respond.
Ai daquele que edifica a cidade com sangue e a alicerça com maldade!
הוֹי בֹּנֶה עִיר בְּדָמִים וְכוֹנֵן קִרְיָה בְּעַוְלָה׃
t “Woe to him e who builds a town with blood and founds a city on iniquity!
Acaso não procede do SENHOR dos Exércitos que os povos trabalhem para o fogo e as nações se cansem em vão?
הֲלוֹא הִנֵּה מֵאֵת יְהוָה צְבָאוֹת וְיִיגְעוּ עַמִּים בְּדֵי־אֵשׁ וּלְאֻמִּים בְּדֵי־רִיק יִעָפוּ׃
Behold, is it not from the Lord of hosts that f peoples labor merely for fire, and nations weary themselves for nothing?
Pois, assim como as águas cobrem o mar, a terra se encherá do conhecimento da glória do SENHOR.
כִּי תִּמָּלֵא הָאָרֶץ לָדַעַת אֶת־כְּבוֹד יְהוָה כַּמַּיִם יְכַסּוּ עַל־יָם׃ס
g For the earth will be filled with the knowledge of h the glory of the Lord as the waters cover the sea.
Ai daquele que dá de beber ao próximo, adicionando à bebida o seu furor, e o embebeda para ver a sua nudez!
הוֹי מַשְׁקֵה רֵעֵהוּ מְסַפֵּחַ חֲמָתְךָ וְאַף שַׁכֵּר לְמַעַן הַבִּיט עַל־מְעוֹרֵיהֶם׃
t “Woe to him i who makes his neighbors drink— you pour out your wrath and make them drunk, in order to gaze j at their nakedness!
Terás fartura de vergonha e não de honra. Bebe tu também e expõe tua incircuncisão; o cálice da mão direita do SENHOR se chegará a ti, e a vergonha cairá sobre a tua glória.
שָׂבַעְתָּ קָלוֹן מִכָּבוֹד שְׁתֵה גַם־אַתָּה וְהֵעָרֵל תִּסּוֹב עָלֶיךָ כּוֹס יְמִין יְהוָה וְקִיקָלוֹן עַל־כְּבוֹדֶךָ׃
You will have your fill k of shame instead of glory. l Drink, yourself, and show your uncircumcision! l The cup in the Lord’s right hand will come around to you, and m utter shame will come upon your glory!
A violência cometida contra o Líbano te cobrirá, bem como a matança feita às feras te amedrontará por causa do sangue derramado e da violência contra a terra, contra a cidade e contra todos os que nela habitam.
כִּי חֲמַס לְבָנוֹן יְכַסֶּךָּ וְשֹׁד בְּהֵמוֹת יְחִיתַן מִדְּמֵי אָדָם וַחֲמַס־אֶרֶץ קִרְיָה וְכָל־יֹשְׁבֵי בָהּ׃ס
n The violence o done to Lebanon will overwhelm you, as will the destruction of the beasts that terrified them, n for the blood of man and violence to the earth, to cities and all who dwell in them.
progression
Para que serve a imagem esculpida por um artífice? E a imagem de fundição, que ensina a mentira? Pois o artífice confia na sua própria obra, mas faz ídolos mudos.
מָה־הוֹעִיל פֶּסֶל כִּי פְסָלוֹ יֹצְרוֹ מַסֵּכָה וּמוֹרֶה שָּׁקֶר כִּי בָטַח יֹצֵר יִצְרוֹ עָלָיו לַעֲשׂוֹת אֱלִילִים אִלְּמִים׃ס
p “What profit is an idol when its maker has shaped it, a metal image, q a teacher of lies? For its maker trusts in his own creation when he makes r speechless idols!
Ai daquele que diz à madeira: Acorda; e à pedra muda: Desperta! Por acaso pode o ídolo ensinar? Está coberto de ouro e de prata, mas não há espírito algum dentro dele.
הוֹי אֹמֵר לָעֵץ הָקִיצָה עוּרִי לְאֶבֶן דּוּמָם הוּא יוֹרֶה הִנֵּה־הוּא תָּפוּשׂ זָהָב וָכֶסֶף וְכָל־רוּחַ אֵין בְּקִרְבּוֹ׃
s Woe to him t who says to a wooden thing, Awake; to a silent stone, Arise! Can this teach? Behold, it is overlaid with gold and silver, and u there is no breath at all in it.
Mas o SENHOR está no seu santo templo; cale-se diante dele toda a terra.
וַיהוָה בְּהֵיכַל קָדְשׁוֹ הַס מִפָּנָיו כָּל־הָאָרֶץ׃פ
But v the Lord is in his holy temple; w let all the earth keep silence before him.”
Quotation
restate
:
Quo
as21
discourse
Notes
HABACUQUE 2.2-20 – Exposição ESBOÇO EXEGÉTICO (Hc 2.2-20) A segunda resposta de Deus · (Hc 2.2-3) O anúncio da visão · (Hc 2.4-20) A proclamação da visão o (Hc 2.4-5) Ao fiel preservação e ao ímpio destruição o (Hc 2.6-20) O provérbio dos “ais” / O dito zombador § (Hc 2.6-8) Caldeus punidos pela violência (extorsão e bens roubados) § (Hc 2.9-11) Caldeus punidos pela ganância (lucros injustos para se proteger) § (Hc 2.12-14) Caldeus punidos pela opressão (por estabelecerem uma cidade com sangue e crime) § (Hc 2.15-17) Caldeus punidos pela crueldade (por querer expor o próximo à vergonha) § (Hc 2.18-20) Caldeus punidos pela idolatria (Hc 2.2-20) Deus responde a Habacuque, anunciando-lhe a preservação do justo (pela fé) e a destruição do ímpio, exemplificada pela nação babilônica. · (Hc 2.2-3) Deus ordena a Habacuque que registre e publique a visão, pois seu cumprimento é certo. · (Hc 2.4-20) Deus revela a visão a Habacuque. o (Hc 2.4-5) O Senhor garante que o ímpio perecerá, mas o justo viverá. o (Hc 2.6-20) O Senhor mostra o juízo vindouro sobre os babilônicos. § (Hc 2.6-8) Caldeus punidos pela violência (extorsão e bens roubados) § (Hc 2.9-11) Caldeus punidos pela ganância (lucros injustos para se proteger) § (Hc 2.12-14) Caldeus punidos pelos assassinatos e maldade (por estabelecerem uma cidade com sangue e crime) § (Hc 2.15-17) Caldeus punidos por desejar o mal a outros (por querer expor o próximo à vergonha) e pela violência § (Hc 2.18-20) Caldeus punidos pela idolatria ESBOÇO HOMILÉTICO Grande Ideia: Em meio ao mal do mundo, a resposta final do Senhor revela, no tempo certo, vida ao justo e destruição ao ímpio, fazendo com que todos se calem. (Hc 2.2-20) Em meio ao mal do mundo, a palavra final do Senhor revela, no tempo certo, vida e esperança ao justo, destruição e castigo ao ímpio, e temor a todos. · (Hc 2.2-3) A palavra final do Senhor faz do justo um mensageiro esperançoso. · (Hc 2.4-20) A palavra final do Senhor mostra a todos o que acontecerá (no tempo certo). o (Hc 2.4) O justo será preservado (pela fé). o (Hc 2.5-20) O ímpio será derrotado (recebendo exatamente o que merece). § (Hc 2.6-8) O Senhor julgará a violência (extorsão e bens roubados) § (Hc 2.9-11) O Senhor julgará a ganância (lucros injustos para se proteger). § (Hc 2.12-14) O Senhor julgará a opressão (por estabelecerem uma cidade com sangue e crime). § (Hc 2.15-17) O Senhor julgará a crueldade (por querer expor o próximo à vergonha). § (Hc 2.18-20) O Senhor julgará a idolatria. Introdução Você já deu a palavra final sobre algo? Você já foi aquele a dar a última palavra e, depois de você, ninguém mais falou? Em que situações isto geralmente acontece? Bom, para que alguém se cale, geralmente, é porque há um respeito ou temor muito grande àquele que falou por último, não é? Porque, geralmente, todo mundo quer dar a última palavra e ser aquele que vai “bater o martelo” das coisas. Normalmente, quando a última palavra quanto a qualquer assunto (por exemplo, quando um voto de minerva é dado), isto significa que aquilo não será mais discutido, não é mesmo? Uma vez que a palavra final chegou, caso ela seja dada por alguém realmente importante e imponente, ninguém irá discuti-la. (Slide) Pense num tribunal, figura que temos usado bastante. Quando um juiz promulga sua sentença, aquilo não pode mais ser mudado, ao menos não naquele julgamento. (Slide) Sabemos de vários recursos posteriores, mas, dada a sentença, aquele julgamento foi encerrado. Transição Estamos estudando o Livro de Habacuque (Slide) e, de fato, esta figura de julgamento vem muito a calhar, como temos visto, não é mesmo? Recap. Vimos, já de início, o terrível quadro de injustiça e maldade da nação de Israel e o clamor de Habacuque quanto a isto. Deus, então, respondeu ao profeta. Fim do primeiro diálogo. Mas a resposta de Deus provocou inquietações em Habacuque, o que provocou sua segunda queixa: “Como pode o Deus Santo tolerar tanta maldade e usar um povo ímpio, a Babilônia, para punir Seu próprio povo, que, de fato, estava agindo de modo torpe e perverso?” Habacuque inicia o segundo diálogo com sua segunda queixa e encerra suas palavras com uma declaração de confiança no Senhor (cf. 2.1). Agora, porém, o Senhor responderá novamente e, assim, o segundo diálogo do Livro será encerrado. Esta será a última vez em que veremos Deus falando a Habacuque neste Livro. (Slide) Deus, enfim, dá a Palavra final. Tanto é que, conforme veremos mais adiante, Habacuque não mais Lhe responde e/ou Lhe dirige queixa, como aconteceu antes. Ele encerrará o Livro com um Salmo; e não sabemos ao certo quanto tempo levou para que ele compusesse este Salmo, mas, de fato, os diálogos acabam aqui, com a Palavra final do Senhor. Em meio a todo o mal do mundo e aos métodos usados pelo Senhor que não compreendemos, de fato, nossos corações ficam aflitos e sem entender muita coisa, exatamente como ficou Habacuque ao fim de sua segunda queixa. Mas, confiando no Senhor, ele obteve resposta de Deus e, enfim, o Senhor lhe deu Sua palavra final; Ele foi o último a falar e, assim, fechar a questão. E que palavra final. Ela, sem dúvidas, impactou e transformou profundamente o coração do profeta e espero que transforme e impacte nossos corações agora também. Deus quer nos dar, hoje, Sua Palavra final quanto a todo o mal incompreendido por nós, transformando profundamente nossos corações. Estejamos abertos para ouvir Sua voz a nós neste momento. Eis, então, a Palavra final do Senhor quanto ao mal e às injustiças do mundo. Vamos a ela. (comunicar que a leremos parte por parte e mostrar seções) (Hc 2.2-3) O anúncio da visão (Hc 2.4-20) Deus revela a visão a Habacuque (Hc 2.2-3) O anúncio da visão (Slide) 2.2-3 – O ofício profético é bem visto aqui. E, quanto a “em tábuas, de forma bem legível...”, ver Dt 27.8. Deus queria um registro permanente e facilmente legível daquilo que revelaria. Vemos algo semelhante nas tábuas da lei e em vários outros momentos com os profetas. A visão que Habacuque receberia dizia respeito a eventos futuros que iriam acontecer no tempo certo. Segundo Calvino, Deus nos ensina aqui a ser sustentados por Sua própria Palavra até que o tempo devido venha. Em seguida, vem uma exortação, a fim de que exercitemos a paciência. Apesar de Deus nos deixar em “suspense”, jamais devemos deixar de lado a esperança, pois Sua Palavra se cumprirá no tempo devido. A primeira lição que aprendemos aqui é que... 1 – A palavra final do Senhor faz do justo um mensageiro esperançoso. (2.2-3) (Slide) Veja só, em meio a todo àquele caos, Deus queria que Habacuque fosse Seu mensageiro. E Ele quer isto de nós também. Independente de circunstâncias ou momentos (cf. 2 Tm 4.2). E Ele ainda determina que quer que Sua mensagem seja exposta da melhor maneira possível, de modo que possa ser facilmente lida e compreendida por todos!! E este é nosso desafio ainda hoje, queridos. Ilustração: Slide Crianças Você já tentou explicar um assunto complicado a uma criança? É um desafio muitas vezes, não é? Mas há verdades que precisam ser ensinadas a todo custo e que precisam ser transmitidas fielmente a elas, por mais duro que lhes pareça, muitas vezes. (Slide) O Senhor nos comissiona como Seus mensageiros no tempo de hoje para anunciarmos Sua mensagem em meio a um mundo tão caótico. E esta mensagem precisa estar acessível a todos, de modo que a todos seja promulgado o decreto do Senhor. E esta mensagem, conforme veremos pode ser de esperança ou de juízo, dependendo de quem a está ouvindo: o justo ou o ímpio. Mas, seja a justos seja a ímpios, o Senhor quer que Sua mensagem seja comunicada a todos!!! E como ela deve ser anunciada? Com a certeza de que se cumprirá, no tempo devido!!! Pode até parecer que demora, mas precisamos crer que se cumprirá, agir como quem crê nisto e deixar claro a todos que, sim, ela se cumprirá. (Ilustração do hippie em Pipa) Aplicação: (Slide) Temos sido zelosos em comunicar a mensagem de esperança/juízo do Senhor neste mundo perverso? Temos sido mensageiros esperançosos, crendo e mostrando a todos que cremos na certeza do cumprimento da Palavra do Senhor? - Precisamos aprender a confiar no Senhor e a descansar em Sua Palavra, crendo que Ela se cumprirá no tempo devido. No que não temos tido paciência de esperar? No que temos até achado que a Palavra d’Ele não vai mais se cumprir? o Será que não consideramos mais a vinda do Senhor como algo iminente, antes achando que nem vai mais acontecer? o Será que temos deixado de vigiar por isto ou deixado de anunciar a vinda do Senhor por causa disto? o Será que o temor a Deus tem diminuído entre os homens porque não mais se proclama a vinda iminente do Juiz? - Precisamos ser arautos da mensagem do Senhor: o Precisamos fazê-la mais acessível e “legível” a todos. § Como igreja § Como famílias § Como indivíduos Que tipo de mensageiros temos sido? - Na escola/No trabalho - Entre irmãos em Cristo - Nos momentos e lugares de lazer - Em nossas famílias Como tem andado nossa esperança no cumprimento do que o Senhor promete? E meio a tanta injustiça, Ele prometeu juízo, conforme veremos. Temos agido como quem confia realmente nisto? Temos sido mensageiros esperançosos? É preciso confiar de que tudo se cumprirá NO TEMPO CERTO!!! E isto nos leva a continuação. Agora, veremos: (Hc 2.4-20) A visão propriamente dita Deus revela a visão a Habacuque. E esta é a segunda lição no texto: 2 – A palavra final do Senhor mostra a todos o que acontecerá (Hc 2.4-20) (Slide) Ler v. 4 (Slide) v. 4 – Não há nada melhor que repousar/confiar na Palavra de Deus, mesmo que nossos corações sejam tentados a agir diferentemente. Há aqui um paralelismo antitético no texto. O “arrogante” ou “envaidecido” não tem uma alma correta (e tampouco tranquila). E é interessante, segundo Calvino, perceber que aquele que se envaidece, de fato, não consegue encontrar a paz que tanto almeja e a tranquilidade de que tanto precisa. Vale o destaque ao “Vede/Eis o arrogante”. Segundo Calvino, esta palavra “arrogante” diz respeito ao estado de mente. Há aqui uma grande oposição entre os filhos deste mundo e os filhos de Deus, cujo repouso e esperança de vida estão na fé no Senhor. Paulo cita esta passagem em Rm 1.17 e Gl 3.11 (ao falar de Abraão, referindo-se a Gn 15.6). A fé em Deus resulta em justiça. Em Romanos, “justo” é enfatizado e em Gálatas “viverá” o é. Em Hebreus a ênfase está em “fé”. Os usos no NT apontam para a vida eterna, e aqui em Habacuque isto pode ser visto também à luz da teologia bíblica como um todo, mas não podemos nos esquecer do sentido imediato da vida física também e do dia-a-dia do justo. Este versículo é tão forte que foram necessários três Livros para explicá-lo. Hehe Este é o versículo-chave de Habacuque porque resume a diferença entre os orgulhos e soberbos babilônios e sua destruição com a fé humilde dos israelitas fiéis e seu livramento. O ponto é confiar em Deus!!! Este versículo foi o arauto (watchword) da Reforma (Wiersbe). “Uma fé madura confia humildemente, mas persistentemente, nos desígnios de Deus em estabelecer justiça/retidão na terra”. (Robertson) "This is the first of three wonderful assurances that God gives in this chapter to encourage His people. This one emphasizes God's grace, because grace and faith always go together. Habakkuk 2:14 emphasizes God's glory and assures us that, though this world is now filled with violence and corruption (Gen. 6:5, 11-13), it shall one day be filled with God's glory. The third assurance is in Habakkuk 2:20 and emphasizes God's government. Empires may rise and fall, but God is on His holy throne, and He is King of Kings and Lord of Lords.” (Wiersbe, p. 416 apud Constable, p. 13). (ver Hb 10.38) Percebo aqui que Deus nos quer perseverando em fé. Ele quer nos vê fiéis em fé. O justo viverá por sua fidelidade em fé. Os que retrocedem são os que não creram; quem não crê não é fiel. O versículo 39 de Hebreus traz algo maravilhoso: “... não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas do que creem e são salvos. A segunda lição que aprendemos neste texto é que... 2 – A palavra final do Senhor mostra a todos o que acontecerá (Hc 2.4-20) Slide · (Hc 2.4) O justo será preservado (pela fé). · (Hc 2.5-20) O ímpio será derrotado (recebendo exatamente o que merece). Slide v. 5 – Quando alguém bebe vinho, revela seu orgulho publicamente (Constable). Vale lembrar que os Babilônios eram conhecidos por seu consume de tal bebida (ver Dn 5). Ver Pv 23.31-32. · (Hc 2.5-20) O ímpio será derrotado (recebendo exatamente o que merece). o (Hc 2.6-8) O Senhor julgará a violência (extorsão e bens roubados) v. 6 – Aqui se inicia a canção de escárnio (o provérbio de zombaria/o dito zombador – ARA). 5 stanzas de 3 versos cada. 5 ais. “Até quando (...)?” relacionar com 1.2. Quando Deus julgaria a Babilônia? O ímpio receberá exatamente o que merece: (Hc 2.6-8) O Senhor julgará a violência (extorsão e bens roubados) v. 7 – O jogo seria virado, as mesas seriam viradas, o que aconteceu em 539 a.C., quando od Medo-Persas conquistaram a Babilônia (cf. Dn 5 e o Rei Belsazar). v. 8 – Eles sofreriam o mesmo castigo que infligiram a outros (cf. Pv 22.8 & Gl 6.7). (Hc 2.9-11) O Senhor julgará a ganância (lucros injustos para se proteger). Ler 9-11 Cf. Tg 5.1-6 v. 9 v. 11 – As pedras e a madeira roubadas das outras nações para construir as fortalezas babilônicas serviriam de testemunhas visuais contra eles diante do Senhor, quando fosse julgá-los. Construções e cidades de ostentação testemunham contra seus construtores. (lembrar da torre de Bable/Babilônia). (Hc 2.12-14) O Senhor julgará a opressão (por estabelecerem uma cidade com sangue e crime). v. 12 – A Babilônia foi construída com “dinheiro de sangue”. Foi uma cidade fundada em injustiça e crime. Sem a injustiça jamais teria se tornado o que se tornou. v. 13 – O foco aqui está no SENHOR, o Juiz. Os babilônios vinham trabalhado em vão e tudo o que fizeram nada mais era que combustível para o fogo que iria queimar a si próprios. (cf. Jr 51.58) v. 14 – (cf. Sl 72.19). Relacionar com Is 11.9. Haverá um dia em que Jr 31.34 será cumprido. Vale a pena lembrar também do julgamento futuro da Babilônia. (Hc 2.15-17) O Senhor julgará a crueldade (por querer expor o próximo à vergonha). v. 15 – (Lembrar da figura de um homem embebedando uma garota). Que os babilônios tiraram vantagem das nações é fato e implícito por suas próprias ações, tanto sexuais quanto no seu amor pelo vinho. v. 16 – Ver Jr 25.15-16 e relacionar. Pode-se usar como critério de avaliação Lm 4.21. Ver a ira de Deus sobre Cristo em Mt 20.22 e 26.42. A futura desgraça da Babel pode ser constrastada com o futuro esplendor da glória do Senhor. Vale lembrar a nudez como símbolo de vergonha (cf. Gn 2.25 e Gn 29.21-25). v. 17 – É possível que “Líbano” aqui seja uma referência a Israel (cf. Jr 22.6, 23) e ver história em 2 Rs 14.9 e o palácio de Salomão em 1 Rs 7.2 (Hc 2.18-20) O Senhor julgará a idolatria. v. 18 – cf. Is 44.9-11(18); 45.16, 20; Jr 10.8. Parece-me que temos tido covardia em anunciar tais verdades, tanto que não mais as falamos. Mas o SENHOR ordenou a Habacuque que isto fosse registrado e proclamado! Relacionar com Rm 1.24-25 (incluir, se quiser 26-27). Podemos até achar que o homem “moderno” está livre deste pecado, mas... Mamon tem estado bastante vivo (cf. Ef 5.5) e ainda “há” , no coração dos homens, outros deuses: quando qualquer coisa criada recebe lugar de maior importância do que o Criador de tudo e todos! Ver ainda Fp 3.19 e Rm 16.18 (os próprios desejos/apetites se tornam deuses) v. 19 – O ai é pronunciado contra estes ignorantes. v. 20 – Em contraste, Deus habita em Seu Santo Templo e toda a terra deve se calar diante d’Ele. O temor do Senhor é imposto entre justos e injustos, bons e maus, grandes e pequenos. Diante d’Ele e de Sua glória, toda a terra e todo o universo se calam!! Vimos no texto que: · (Hc 2.2-3) A palavra final do Senhor faz do justo um mensageiro esperançoso. · (Hc 2.4-20) A palavra final do Senhor mostra a todos o que acontecerá (no tempo certo). o (Hc 2.4) O justo será preservado (pela fé). o (Hc 2.5-20) O ímpio será derrotado (recebendo exatamente o que merece). § (Hc 2.6-8) O Senhor julgará a violência (extorsão e bens roubados) § (Hc 2.9-11) O Senhor julgará a ganância (lucros injustos para se proteger). § (Hc 2.12-14) O Senhor julgará a opressão (por estabelecerem uma cidade com sangue e crime). § (Hc 2.15-17) O Senhor julgará a crueldade (por querer expor o próximo à vergonha). § (Hc 2.18-20) O Senhor julgará a idolatria. Este texto, portanto, nos ensina que... Slide Grande Ideia : Em meio ao mal do mundo, a palavra final do Senhor revela, no tempo certo, vida e esperança ao justo, destruição e castigo ao ímpio, e temor a todos. Conclusões Slide - O quanto temos vivido pela fé? Será que as circunstâncias do mal têm abalado nossos corações a ponto de deixarmos nossa fé esmorecer? - Em que áreas precisamos exercitar um pouco mais isto? - Os ímpios receberão exatamente o que merecem: o Temos enchido nosso coração com temor ao Senhor por causa disto? o O quanto temos nos parecido com os ímpios? § Na arrogância/violencia § Na ganância § No egoísmo § Na extorsão § Na crueldade § Na idolatria o Nossa esperança precisa estar sempre firme, pela fé, no fato de que o conhecimento da glória do Senhor encherá a terra como as águas cobrem o mar. o O calar-se diante do Senhor tem dois aspectos: § Os ímpios se calam por temor e pela punição que recebem § Os justos se calam por santo temor e pela submissão e reverência a Quem Deus é. Deus já nos deu Sua Palavra final quanto ao mal do mundo e muito nos ensinou por meio deste Livro. Estamos dispostos a ouvi-lo e a aprender com Sua Palavra? Ou continuaremos esmorecendo, desesperando nosso coração por causa do mal e injustiça que nos rodeiam? Precisamos nos lembrar que, como justos, devemos viver pela fé. E precisamos sempre nos lembrar do que este texto nos ensina: Grande Ideia : Em meio ao mal do mundo, a palavra final do Senhor revela, no tempo certo, vida e esperança ao justo, destruição e castigo ao ímpio, e temor a todos.
Comments
Disclaimer: The opinions and conclusions expressed on this page are those of the author and may or may not accord with the positions of Biblearc or Bethlehem College & Seminary.